Episódio 71 com Cid Lopes Cardoso

Organizador do primeiro Ironman realizado no Brasil e parceiro do Núbio nas primeiras provas de triathon de Santos, Cid foi editor do jornal extinto TRIATLETA e o responsável por apresentar o RAAM aos brasileiros. Tudo isso por hobby!

Episódio 60 com Sérgio Cordeiro

Este pedagogo vem de uma família bastante humilde. Sua infância no Rio de Janeiro do final da década de 1950 e começo dos 60 foi marcada por dificuldades financeiras ao ponto de ter enfrentado a falta de ter o que comer e onde morar. Superadas as dificuldades seguiu sua vida até o dia em que, já trabalhando para a TELERJ (antiga cia telefônica do RJ), teve contato com a corrida através de um programa interno de qualidade de vida. Tinha então 27 anos e logo pegou gosto pela novidade.

Episódio 53 com Miriam Xavier

Miriam Xavier começou a praticar triathlon em 1983. A carioca foi bi campeã brasileira (1989 e 1990) nas duas principais distâncias na época, o short (atual sprint) e o triathlon Olímpico. Numa época considerada por muitos como a época de ouro da modalidade, Miriam integrou a elite ao lado de nomes consagrados como Monika Lucena (episódio #27 ) e a jovem Fermanda Keller (episódios #1 e ESPECIAL de aniversário, lançado em 2 junho 2018)

Episódio 21 com Carlos Galvão

O Ironman Brasil foi indiscutivelmente um divisor de águas. Uma organização impecável e sede dos atletas por provas de alto nível, associadas é claro, a uma das marcas mais icônicas do esporte mundial (avaliada em 2015 por US$ 650 Mi), transformou a arriscada jogada de Galvão e Betinho Azevedo (Track&Field), num business que em 2018, contará com 5 eventos oficiais da marca, além de 5 provas de entrada através do circuito TRIday.

Episódio 15 com Alexandre Ribeiro, parte 1

Como um garoto hiperativo e "rato de praia" se torna hexa-campeão do Ultraman do Havaí? O que levou este corredor precoce a encarar o triathlon mais competitivo e famoso do mundo, com apenas 18 anos de idade? Essas respostas e tantas outras histórias você ouve aqui, no episódio de hoje com o grande Alexandre Ribeiro. Torcedor fanático do Fluminense, a personalidade mais "gente boa" do nosso esporte relembra uma época do Rio de Janeiro que dá saudades. Ele narra o começo da Maratona do Rio, suas aventuras para treinar com pouca informação e muita vontade. Relembra o começo do triathlon no Brasil em 1982 e também do período em que morou com o amigo e parceiro de treinos Dean Harper (vencedor do primeiro Wildflower Triathlon e capa da primeira edição da revista Triathlete em maio de 1983) em Sacramento nos Estados Unidos, treinando sob orientação de Marc Evans. Ele nos conta a respeito da sua estréia no Ironman do Havaí, aos 18 anos, e das várias experiências que teve em Kona, inclusive uma até então inédita 20. colocação em 1996.

Episódio 02 com Armando Barcellos

A crise citada por Armando, que freiou o ritmo do triathlon nacional, ocorreu a partir de 15 de março de 1990 quando o então presidente eleito Fernando Collor anunciou seu pacote de modernização administrativa e vitalização da economia, através do plano Collor I, que previa, entre outras coisas: a volta do Cruzeiro como moeda, o coongelamento de preços [...]