Episódio 78 com Felipe Dayrell

Recebo hoje um mineiro que iniciou no triathlon em 1994, aos quinze anos de idade. Foi amor à primeira vista. Desde então ele nunca mais parou e foi buscando, naturalmente, desafios cada vez maiores até que em 2004, estreou em provas longas. Em sua coleção já são 23 medalhas só das provas na distância de Ironman. Aos 40 anos possui uma vitalidade contagiante.

Episódio 77 com Bruna Mahn

Minha convidada de hoje nasceu e cresceu na aprazível cidade de Piracicaba há 32 anos e nunca imaginou que se tornaria atleta. A natação chegou tarde e a bicicleta era usada apenas para ir à casa das amigas. O primeiro contato com o triathlon, em 2004, foi breve e veio logo antes de participar de um intercâmbio na Europa.

Episódio 74 com Adriana da Silva

Recebo hoje para um conversa sobre a vida e o atletismo, uma moça de origem simples, vinda do interior de São Paulo e que fez da corrida não apenas sua profissão, mas um motivo de esperança para mudar a sua vida. Uma história que se repete muitas vezes, principalmente aqui no Brasil. Um clichê que insiste em continuar acontecendo, seja para o bem ou pelo mal. Conheceremos hoje um pouco mais a fundo a história de vida dessa talentosa maratonista que acorda todos os dias com a motivação de se tornar uma vencedora nas competições e na vida.

Episódio 73 com Manuela Vilaseca

O Brasil é um país com potencial enorme. Nossos recursos humanos e naturais fazem inveja a muita nação desenvolvida. Contudo, para esta minha convidada de hoje, os mesmos humanos e a natureza se colocaram um contra o outro num mero reflexo do nosso cotidiano. No caso dela, mais especificamente na cidade do Rio de Janeiro. Exuberante pela própria natureza, vive uma espécie de câncer social que eventualmente chegou muito próximo dela.

Episódio 72 com Carla Di Pierro

Minha convidada de hoje é graduada em Psicologia pela PUC-SP, especialista em Psicologia do Esporte e em Análise do Comportamento. Cursou Mindfull Performance pela Escola de Medicina da Universidade de San Diego e atua na preparação mental de atletas amadores e profissionais desde 2001, em modalidades tão diversas como natação, atletismo, vela, judô, triathlon, automobilismo, ciclismo, hipismo, tiro esportivo e ballet.

Episódio 53 com Miriam Xavier

Miriam Xavier começou a praticar triathlon em 1983. A carioca foi bi campeã brasileira (1989 e 1990) nas duas principais distâncias na época, o short (atual sprint) e o triathlon Olímpico. Numa época considerada por muitos como a época de ouro da modalidade, Miriam integrou a elite ao lado de nomes consagrados como Monika Lucena (episódio #27 ) e a jovem Fermanda Keller (episódios #1 e ESPECIAL de aniversário, lançado em 2 junho 2018)

Episódio 37 – Fernanda Paradizo

Filha de uma pedagoga, passou grande parte da sua infância e adolescência na escola. Além das atividades artísticas, praticou judô, handebol, basquete e vôlei. Antes dos 17 anos já ingressou na faculdade de jornalismo e dois anos depois, na faculdade de letras. Era revisora da revista Boa Forma, quando foi chamada para fazer uma matéria sobre a corrida. Conheçeu então o mestre em corrida, Wanderlei de Oliveira, que seria fator determinante no seu ingresso no mundo das maratonas, como corredora e jornalista.

Episódio 36 – Antônio Chaer

Meu convidado de hoje ingressou no esporte ainda muito jovem. Esse pequeno carioca, então com 14 anos, jogava volei e praticava natação, quando em 1991 experimentou seu primeiro biathlon. O convite partiu de alguns dos seus amigos, Armando Barcellos e Marcus Ornellas! Estreou nas águas geladas de Copacabana.

Episódio 34 – Íris Amoedo

Íris teve contato com diversos esportes desde cedo. Mas foi no tênis que competiu até os 16 anos, chegando a ficar entre as dez melhores brasileiras do juvenil. Se mudou para Santos com a família e começou a correr na praia, quando descobriu que levava jeito para a corrida. Depois de participar de algumas provas de rua, descobriu que haveria um triathlon na cidade. Seria a etapa santista do Troféu C&A, em 1987. No primeiro Troféu Brasil, em 1990, há exatos 29 anos, Íris foi a grande campeã.

Episódio ESPECIAL com Fernanda Keller

Nesta edição remasterizada do episódio de lançamento do Endörfina, você ouve um BÔNUS de 25' com a rainha do triathlon brasileiro. Neste episódio ela dá sua opinião a respeito dos 35 anos do triathlon nacional, sobre os 40 anos do Ironman e seus planos para Kona 2018.