Episódio 70 com João Paulo Diniz

Meu convidado de hoje é uma figura pública que ostenta uma forte imagem ligada aos esportes e à vida saudável. Desde jovem abraçou a causa levantada inicialmente pelo pai e não apenas usa o esporte como instrumento para manter sua saúde, como investe uma boa porção do seu tempo para contribuir com o desenvolvimento do nosso esporte, em todas as modalidades.

Episódio 68 com João Amoêdo

Meu convidado de hoje é outro carioca que também foi um dos pioneiros da maratona e do triathlon brasileiros, estreando respectivamente em 1982 e 1984. Possui em seu currículo 15 maratonas, 6 Ironman e a co-criação de um partido político!

Episódio 59 com Juraci Moreira

Meu convidado de hoje é mais uma caso de talento que foi revelado ainda jovem. Da natação na infância e começo da adolescência, este curitibano se interessou pelo triathlon aos 14 anos de idade. Aos 18 resolveu se profissionalizar e um ano depois já conquistaria o título de campeão brasileiro, sendo até então o mais jovem atleta a conquista-lo.

Episódio 58 com Emerson Gomes

A história do meu convidado de hoje é um exemplo perfeito da nossa capacidade de improvisar e principalmente de nos adaptar aos desafios impostos pela vida. Sem planejamento, este advogado acabou construindo uma carreira de sucesso que viria definir a sua vida desde os 18 anos até hoje.

Episódio 54 com Fernando Louro

Fernando Louro (56), é um paulistano que ingressou no ciclismo aos 14 anos e logo obteve resultados de destaque. Foi convidado então para fazer parte da equipe Caloi, o que ajudou sua carreira a decolar. Seja na pista ou estrada, em provas contra o relógio ou em etapas, Louro, como é conhecido, foi um dos melhores ciclistas brasileiros da sua época.

ESPECIAL Canal MTB90 com Michel Bögli

Neste episódio especial, a retransmissão da minha entrevista no canal MTB90 do meu amigo Bob Nogueira. Na conversa transmitida ao vivo pelo Facebook falamos sobre triathlon, Race Across America, mountain bike, a paixão pela bicicleta e o Endörfina. Participação de Fernando Avallone.

Episódio 37 – Fernanda Paradizo

Filha de uma pedagoga, passou grande parte da sua infância e adolescência na escola. Além das atividades artísticas, praticou judô, handebol, basquete e vôlei. Antes dos 17 anos já ingressou na faculdade de jornalismo e dois anos depois, na faculdade de letras. Era revisora da revista Boa Forma, quando foi chamada para fazer uma matéria sobre a corrida. Conheçeu então o mestre em corrida, Wanderlei de Oliveira, que seria fator determinante no seu ingresso no mundo das maratonas, como corredora e jornalista.

ESPECIAL brasileiros no Tour de France com Mauro Ribeiro

Com apenas 18 anos foi campeão mundial na pista, o que motivou seu pai a criar a equipe de ciclismo Cascatinha. Alguns anos depois, os resultados expressivos o levaram a conquistar uma vaga na equipe Caloi e após um ano, passou uma temporada no principal centro de formação de ciclistas da França. De lá saiu com um contrato com a francesa RMO, uma das maiores da época. Durante os seis anos que representou as cores da RMO, conquistou seus principais resultados, inclusive a gloriosa vitória nos 161km da 9a. etapa da Volta da França, justamente no dia 14 de julho de 1991, entre Alençon e Rennes.

Episódio ESPECIAL com Fernanda Keller

Nesta edição remasterizada do episódio de lançamento do Endörfina, você ouve um BÔNUS de 25' com a rainha do triathlon brasileiro. Neste episódio ela dá sua opinião a respeito dos 35 anos do triathlon nacional, sobre os 40 anos do Ironman e seus planos para Kona 2018.

Episódio 20 com Adriano Bastos

Meu convidado de hoje ingressou na corrida por incentivo do irmão mais velho, figura quase que paterna para ele. O desempenho acima da média o levou a encarar os primeiros duathlons em 1993 e logo em seguida vieram os triathlons. Dono de uma corrida sempre muito forte e com a ajuda de Marcos Paulo Reis, novas oportunidades foram surgindo até que resolveu correr sua primeira Maratona em 1998, em SP. As 2h41min impressionaram a todos, exceto ele, que sentia que ainda estava longe do seu limite! Repetiu o feito em SP no ano seguinte com o mesmo tempo, mas foi na edição de Blumenau, onde fechou com 2h28min, vencendo a categoria, e na de Curitiba, apenas dois meses depois, onde obteve a marca das 2h31min que fizeram com que recebesse a proposta que iria mudar sua vida para sempre.