Episódio 59 com Juraci Moreira

Meu convidado de hoje é mais uma caso de talento que foi revelado ainda jovem. Da natação na infância e começo da adolescência, este curitibano se interessou pelo triathlon aos 14 anos de idade. Aos 18 resolveu se profissionalizar e um ano depois já conquistaria o título de campeão brasileiro, sendo até então o mais jovem atleta a conquista-lo.

Episódio 58 com Emerson Gomes

A história do meu convidado de hoje é um exemplo perfeito da nossa capacidade de improvisar e principalmente de nos adaptar aos desafios impostos pela vida. Sem planejamento, este advogado acabou construindo uma carreira de sucesso que viria definir a sua vida desde os 18 anos até hoje.

Episódio 57 com Fernando Palhares (FODAXMAN)

No episódio de hoje converso com um executivo que se apaixonou pelo triathlon e foi seduzido pelo “m.dot” como muitos, mas passado algum tempo se viu novamente procurando um motivo para treinar por horas a fio. Ele percebeu que as provas bem organizadas, com estrutura de primeiro mundo e referência na modalidade passaram a não representá-lo mais. Fernando não está sozinho! Ele faz parte de um grupo que vem crescendo nos últimos anos, motivado pelos mesmos objetivos que fizeram os primeiros corajosos a se aventurar no Ironman do Havaí no final dos anos 70. Estas pessoas se arriscam a experimentar provas mais desafiadoras e mais imprevisíveis. As distâncias do Ironman já não são suficientes. Eles buscam desafios maiores como baixas temperaturas, subidas intermináveis e percursos difíceis.

Episódio 56 com Ramon Costa (@Nadapedalacorre)

Recebo hoje o joseense Ramon Costa, mais conhecido nas redes sociais como o motivador do @nadapedalacorre. Um publicitário que foi seduzido pelo triathlon e caiu no mundo das provas longas, mais especificamente o Ironman e as ultra maratonas.

Episódio 47 com Tim Don

Em uma entrevista inédita após a classificação para o Ironman de Kona 2018, Tim conta sua trajetória de vida até estabelecer a melhor marca para um Ironman até hoje e a batalha para superar o trauma do acidente que quase acabou com sua carreira.

Episódio 42 com Paulo Cezar Rotella (@Correndoporaí)

A primeira corrida da qual participou foi a Maratona Pão de Açúcar de Revezamento de São Paulo, em 1999, quando tinha 17 anos. Porém, a corrida realmente entrou na sua vida após o divórcio, em 2012. Mesma época que resolveu lançar o perfil “Correndo por aí” no Instagram. Um ano depois, participou da sua primeira maratona e então decidiu treinar para um Ironman.