Ela e suas três irmãs passaram a infância toda na pacata São Gotardo, há 300km da capital, Belo Horizonte, para onde se mudaram quanto tinha 12 anos. Lá continuou praticando vôlei e handebol na escola até ingressar na faculdade de nutrição.

Após uma pausa nos esportes para estudar, em 2006 decide comprar uma mountain bike e logo se inscreve em uma etapa da Copa Internacional, e depois na sua primeira Corrida de Aventura, modalidade que a conquistou pelo contato com a natureza, perrengues, imprevisibilidade e oportunidade de conhecer locais que jamais iria visitar.

Os próximos dez anos foram vividos com muitas aventuras, ralação, sofrimento e experiências tão fantásticas quanto transformadoras. Provas de aventura em lugares incríveis pelo Brasil, América do Sul e Europa,  três participações na Brasil Ride, um casamento e o nascimento da sua primeira filha. Justamente esse fato a fez optar, momentaneamente, pelo triathlon, já que era mais previsível e inclusivo para a sua vida em família.

Para ela que estava acostumada com grandes desafios, muitos com duração de diversos dias, o Ironman foi uma escolha óbvia e participou em 2018 da prova em Florianópolis.

No ano seguinte, integrou uma equipe feminina de mountain bike com o intuito de ajudar a fomentar o esporte entre as mulheres, outra de suas paixões. Resolveu comemorar o seu aniversário de 40 anos realizando um evento que reuniu quase 150 mulheres ciclistas e segundo ela foi um momento incrível e mágico na sua vida como atleta.

Em 2020 experimentou o mtb enduro e começou a andar e competir de e-bike. Veio a pandemia e mudou a sua rotina, mas não o gosto e a vontade de pedalar, atividade que fez até praticamente a sua segunda filha nascer em 2021.

Ainda sem conseguir voltar a ter uma rotina de treinos, este ano ela resolveu participar de todas as provas que conseguisse, porque ama competir e estar no “vuco vuco” das provas. Seu coração se enche de alegria ao ver hoje em dia tantas mulheres pedalando.

Conosco aqui a nutricionista, corredora, mountain biker, corredora de aventura, triatleta, o melhor exemplo para suas filhas Ana Luíza e Ana Clara, a são-gotardense mais acelerada de Nova Lima, Mariza Helena de Araújo Souza. Inspire-se!

SIGA e COMPARTILHE o Endörfina através do seu app preferido de podcasts.

Contribua também com este projeto através do Apoia.se.

Um oferecimento da SIGMA.

A Sigma Sport representa a tecnologia alemã em seu mais alto nível, combinando design inovador com engenharia de precisão. Todos os produtos são testados em laboratórios internos para suportar as condições mais adversas, garantindo um excelente padrão de qualidade em toda a linha de produtos.

A Sigma possui produtos de iluminação, ferramentas de bolso, ciclo computadores com e sem GPS, e também relógios com monitor cardíaco com e sem GPS.   Conheça toda linha de produtos Sigma disponíveis no Brasil no www.sigmasport.com.br.

Siga @sigma_sport_brasil.

SIGA E CONHEÇA MAIS SOBRE A MARIZA E ALGUNS ASSUNTOS MENCIONADOS NA CONVERSA DE HOJE ATRAVÉS DOS LINKS A SEGUIR:

Instagram

Instagram Aceleradas

Live Brasília Outdoor Adventure – Equipe Selva

Spotify – episódio do Mountain bike BH com Mariza Araújo

Mariza Araújo fala sobre a sua participação no Ecomotion Pro

Dia triste e emocionante para a Equipe Selva

Equipe brasileiras abandonam mundial de corrida de aventura

Fazendo prova de recuperação, Selva Kailash fica em segundo lugar na Costa Rica

Selva Kailash completa a Patagonia Expedition

Sertões Mountain Bike faz história no Ibitipoca e consagra os primeiros campeões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *