Episódio 62 com Luciano KDRA Lancellotti

Existe um cara aqui no Brasil que é sinônimo das duas rodas. E quando pensamos nele, pensamos no BMX e no MTB em todas as suas vertentes, das mais tradicionais às mais radicais. Pensamos também nas rodas motorizadas, mais especificamente as dirt bikes! Sua voz já faz parte da memória coletiva de todos que acompanham as transmissões dos X Games desde as primeiras edições.

Episódio 61 com Adriana Nascimento

Recebo hoje uma convidada que nasceu na famosa cidade turística de Campos do Jordão, interior de São Paulo, conhecida como a Suíça brasileira pelo seu clima de montanha e arquitetura que se assemelha àquela do país famoso pelos chocolates, relógios e mountain bikers campeões. Foi de Campos que saiu a maior campeã brasileira do mountain bike. Ao todo foram 11 títulos nas modalidades do cross country, maratona e downhill.

Episódio 60 com Sérgio Cordeiro

Este pedagogo vem de uma família bastante humilde. Sua infância no Rio de Janeiro do final da década de 1950 e começo dos 60 foi marcada por dificuldades financeiras ao ponto de ter enfrentado a falta de ter o que comer e onde morar. Superadas as dificuldades seguiu sua vida até o dia em que, já trabalhando para a TELERJ (antiga cia telefônica do RJ), teve contato com a corrida através de um programa interno de qualidade de vida. Tinha então 27 anos e logo pegou gosto pela novidade.

Episódio 59 com Juraci Moreira

Meu convidado de hoje é mais uma caso de talento que foi revelado ainda jovem. Da natação na infância e começo da adolescência, este curitibano se interessou pelo triathlon aos 14 anos de idade. Aos 18 resolveu se profissionalizar e um ano depois já conquistaria o título de campeão brasileiro, sendo até então o mais jovem atleta a conquista-lo.

Episódio 58 com Emerson Gomes

A história do meu convidado de hoje é um exemplo perfeito da nossa capacidade de improvisar e principalmente de nos adaptar aos desafios impostos pela vida. Sem planejamento, este advogado acabou construindo uma carreira de sucesso que viria definir a sua vida desde os 18 anos até hoje.

Episódio 57 com Fernando Palhares (FODAXMAN)

No episódio de hoje converso com um executivo que se apaixonou pelo triathlon e foi seduzido pelo “m.dot” como muitos, mas passado algum tempo se viu novamente procurando um motivo para treinar por horas a fio. Ele percebeu que as provas bem organizadas, com estrutura de primeiro mundo e referência na modalidade passaram a não representá-lo mais. Fernando não está sozinho! Ele faz parte de um grupo que vem crescendo nos últimos anos, motivado pelos mesmos objetivos que fizeram os primeiros corajosos a se aventurar no Ironman do Havaí no final dos anos 70. Estas pessoas se arriscam a experimentar provas mais desafiadoras e mais imprevisíveis. As distâncias do Ironman já não são suficientes. Eles buscam desafios maiores como baixas temperaturas, subidas intermináveis e percursos difíceis.

Episódio 56 com Ramon Costa (@Nadapedalacorre)

Recebo hoje o joseense Ramon Costa, mais conhecido nas redes sociais como o motivador do @nadapedalacorre. Um publicitário que foi seduzido pelo triathlon e caiu no mundo das provas longas, mais especificamente o Ironman e as ultra maratonas.

Episódio 55 com Aglaé Menezes

Aglaé Menezes tem hoje 43 anos e adora estar próxima à natureza e a nadar, principalmente em competições de águas abertas. Começou a correr muito cedo, aos 8 anos e somente aos 11 foi apresentada à natação. Faltava então apenas a bicicleta, para que no ano seguinte, ela estreasse no triathlon. Deu tudo tão certo, que Aglaé foi onze vezes campeã brasiliense e tri-campeã sul americana júnior de triathlon.

Episódio 54 com Fernando Louro

Fernando Louro (56), é um paulistano que ingressou no ciclismo aos 14 anos e logo obteve resultados de destaque. Foi convidado então para fazer parte da equipe Caloi, o que ajudou sua carreira a decolar. Seja na pista ou estrada, em provas contra o relógio ou em etapas, Louro, como é conhecido, foi um dos melhores ciclistas brasileiros da sua época.

Episódio 53 com Miriam Xavier

Miriam Xavier começou a praticar triathlon em 1983. A carioca foi bi campeã brasileira (1989 e 1990) nas duas principais distâncias na época, o short (atual sprint) e o triathlon Olímpico. Numa época considerada por muitos como a época de ouro da modalidade, Miriam integrou a elite ao lado de nomes consagrados como Monika Lucena (episódio #27 ) e a jovem Fermanda Keller (episódios #1 e ESPECIAL de aniversário, lançado em 2 junho 2018)