Episódio 34 – Íris Amoedo

Íris teve contato com diversos esportes desde cedo. Mas foi no tênis que competiu até os 16 anos, chegando a ficar entre as dez melhores brasileiras do juvenil. Se mudou para Santos com a família e começou a correr na praia, quando descobriu que levava jeito para a corrida. Depois de participar de algumas provas de rua, descobriu que haveria um triathlon na cidade. Seria a etapa santista do Troféu C&A, em 1987. No primeiro Troféu Brasil, em 1990, há exatos 29 anos, Íris foi a grande campeã.

Episódio 32 com Pâmella de Oliveira

Minha convidada de hoje é o que podemos considerar, uma atleta privilegiada. Com 10 anos de carreira, já participou de duas olimpíadas sendo a última delas aqui no Rio. Vinda da natação, Pâmella ingressou no triathlon aos 20 anos e vem construindo desde então uma sólida carreira.

Episódio ESPECIAL com Fernanda Keller

Nesta edição remasterizada do episódio de lançamento do Endörfina, você ouve um BÔNUS de 25' com a rainha do triathlon brasileiro. Neste episódio ela dá sua opinião a respeito dos 35 anos do triathlon nacional, sobre os 40 anos do Ironman e seus planos para Kona 2018.

Episódio 27 com Monika Lucena

Aos 26 anos de idade, o acaso a levou a participar da Corrida Alegre, primeiro triathlon realizado em solo nacional. Um inesperado segundo lugar a fez conquistar uma vaga na equipe Company, uma das marcas de vestuário mais icônicas do RJ. No ano seguinte, em 1983, participou do Triathlon Café do Brasil e conquistou a vaga para participar do Ironman do Havaí. Em 1984 foi a primeira brasileira a competir em Kona, com o tempo de 12h16’.

O Endörfina está no ar! Episódio 01 com Fernanda Keller

Carnavalesca de coração, chegou ao pódio do Ironman do Havaí com o terceiro lugar nada menos do que seis vezes! Ao todo foi quatorze vezes top 10. Seu melhor tempo: 9h24’30” (3h09’30” na maratona!) em 1999. Por aqui, entre 1991 e 1996, não tinha para ninguém no mais importante campeonato nacional, o Troféu Brasil.  Aos 44 anos, venceu [...]