Episódio 139 com Vladmi dos Santos

. O paratleta Vladmi Virgílio Moreira dos Santos, 49 anos, é natural da cidade do Rio Grande, localizada no extremo Sul do Rio Grande do Sul. Desde a infância ele tem a corrida pulsando em suas veias. As sete anos ele já participava de provas de 1.500 metros até 14 quilômetros na escola. Aos 16 anos ingressou na carreira militar na Marinha do Brasil Formou-se na Escola de Aprendizes Marinheiros em Florianópolis. Aos 34 anos perdeu a visão devido a uma doença macular incurável e foi na corrida que o paratleta buscou forças para seguir em frente, passando por um processo de aceitação e de transformação de sua vida buscando recuperar sua identidade.

Episódio 138 com Mário Sérgio

Meu convidado de hoje é um empresário de sucesso. Criou em 1993 sua assessoria esportiva que se tornou um das líderes no segmento. Uma marca forte quando o assunto é profissionalismo e resultados. Nos últimos 27 anos ele se mantém relevante e se reinventando, evoluindo de acordo com o ritmo do mercado. Um leitor voraz, ele está sempre em busca de informações para se aprimorar.

ESPECIAL Pilotos com Ricardo Maurício

Recebo hoje mais um convidado apaixonado pela velocidade e que escolheu o ciclismo como esporte e lazer. Dono de uma carreira no automolismo que já dura 30 anos, ele é uma unanimidade entre seus pares, principalmente pelas suas qualidades como ser humano. Ele foi tri-campeão Brasileiro de Marcas, bi-campeão da Stock Car e da Corrida do Milhão. Foi também campeão brasileiro de Fórmula Ford, campeão espanhol de Fórmula 3 e campeão da Copa Endurance Series.

Episódio 137 com Thiago Vinhal

Ele é um sujeito iluminado. Dono de uma alegria, energia e simpatia contagiantes. Como se não bastasse, em oito anos se tornou uma referência no triathlon nacional e um atleta de destaque no cenário mundial. Atrelado ao sucesso como atleta, o mundo pode descobrir algo que talvez já fosse do conhecimento de seus amigos e familiares: o cara parece ter nascido para ser uma figura pública. Domina como poucos a arte de se expressar, contagiar e envolver os fãs e seguidores.

ESPECIAL Pilotos com Christian Fittipaldi

Recebo hoje um sujeito que ostenta um emblema ao invés de um sobrenome. Ele ainda é o único piloto a ter participado das três mais importantes categorias do automobilismo mundial (Fórmula 1, Indy e NASCAR). Com uma vida dedicada às corridas, ele encontrou justamente na bicicleta o instrumento e a motivação não somente para se recuperar de um acidente que sofreu em 1997, mas para se aventurar e divertir-se.

Episódio 136 com Elisa Kozasa e Eduardo Takeuchi

Nesse episódio teremos mais uma vez uma aula, e dessa vez será sobre como lidar com a parte mais importante do nosso corpo quando falamos de desempenho: a mente! Como fazer para lidar, driblar e resolver as questões que nos perturbam ou tiram o foco, muitas vezes sem ao menos nos darmos conta.

ESPECIAL Pilotos com Vitor Meira

Minha conversa hoje é com um cara super inteligente e dono de uma experiência de vida que contraria a idade que consta em seu RG. Sua carreira teve início no kart, modalidade na qual foi tetra campeão brasiliense e campeão brasileiro. Depois foi campeão também na Fórmula Ford inglesa e na Fórmula 3 sul-americana. Correu na Fórmula Indy durante dez anos e participou de 130 corridas, batendo na trave da famosa Indy 500 em duas ocasiões, 2005 e 2008.

Episódio 135 com Chris Snook

Gravei esta conversa no começo de 2020. De lá para cá muita coisa mudou, mas o Zwift segue firme na liderança entre as plataformas de treino indoor. Chris Snook, relações públicas da marca foi super simpático e falou sobre sua relação com o ciclismo, sobre o começo do Zwift e como eles estão se preparando para o futuro.

Episódio 134 com Vittória Lopes

Ela faz parte de uma nova geração de triatletas brasileiros. Dona de muito talento, de uma genética no mínimo super favorável mas sobretudo de uma disciplina espartana, ela possui uma conexão direta e íntima com a história do esporte no Brasil. Ela é uma das filhas da famosa triatleta campeã master e ex-nadadora, Hedla Lopes, provando mais uma vez que às vezes, o santo de casa faz milagres!

Episódio 133 com Gustavo Maia

Num primeiro momento sua história se assemelha a de alguns chefs modernos. Depois de alguns anos trabalhando na profissão que escolheu, no caso dele a de jornalista, decidiu mudar radicalmente, entrou para o ramo de restaurantes e foi até dono de uma balada. Aos 30 anos percebeu que aquela vida o estava deixando infeliz. Resolveu mudar de ares e partiu para Paris para estudar na renomada escola de culinária Cordon Bleu. Ao retornar ao Brasil, realizou seu sonho e abriu um restaurante em pleno Jardins.