Episódio 115 com Vinícius Canhedo

Aos 35 anos de idade, este candango especializado em provas longas vive num ritmo alucinado, que se parece mais com um sprint do que um Ironman. Empresário dono de múltiplos negócios e triatleta profissional são também duas tarefas aparentemente incompatíveis que ele exerce com aparente facilidade.

Episódio 113 com Reinaldo Colucci

Nascido na cidade de Descalvado, interior de São Paulo, foi descoberto ao participar de provas de aquathlon para logo demonstrar um grande talento para o triathlon. Não tardou até começar a conquistar vitórias e títulos, que por sinal são praticamente incontáveis. Com muita maestria dominou provas curtas e longas.

Episódio 105 com Tony Kanaan

Meu convidado de hoje é um daqueles baianos arretados. Nascido em Salvador há quase 45 anos, ele entrou no automobilismo aos 8. Esse descendente de libaneses rodou o mundo em busca de vitórias e foi nos Estados Unidos que fez fama e fortuna. Com resultados importantes, seu jeito brincalhão e a vitória numa das competições mais emblemáticas do automobilismo mundial, as 500 milhas de Indianápolis, ele conquistou a América.

Episódio 103 com Carlos Ambrosio

A conversa de hoje é com um apaixonado por motos, especialmente as fora de estrada. Na verdade ele é um apaixonado por velocidade fora da estrada. Com apenas 53 anos ele tem em seu currículo 17 participações no Rali dos Sertões e 3 participações no Rali Dacar, entre alguns outros desafios à bordo tanto de motos quanto de carros e UTVs. Tudo isso em paralelo a uma vida intensa e bem sucedida no mercado financeiro, afinal, para um piloto amador os ralis não pagam as contas.

Episódio 96 com Marco Faria

Meu convidado de hoje se viu pego de surpresa quando durante uma inofensiva partida de futebol, sem fôlego e ofegante, foi questionado pelo filho se ele estava pra morrer. A realidade bateu forte na sua cara e da pior maneira, através de seu filho, na época com 6 para 7 anos. Naquele momento, a ficha caiu e veio então o caminho para a virada.

Episódio 78 com Felipe Dayrell

Recebo hoje um mineiro que iniciou no triathlon em 1994, aos quinze anos de idade. Foi amor à primeira vista. Desde então ele nunca mais parou e foi buscando, naturalmente, desafios cada vez maiores até que em 2004, estreou em provas longas. Em sua coleção já são 23 medalhas só das provas na distância de Ironman. Aos 40 anos possui uma vitalidade contagiante.

Episódio 61 com Adriana Nascimento

Recebo hoje uma convidada que nasceu na famosa cidade turística de Campos do Jordão, interior de São Paulo, conhecida como a Suíça brasileira pelo seu clima de montanha e arquitetura que se assemelha àquela do país famoso pelos chocolates, relógios e mountain bikers campeões. Foi de Campos que saiu a maior campeã brasileira do mountain bike. Ao todo foram 11 títulos nas modalidades do cross country, maratona e downhill.

Episódio 41 com Poliana Okimoto

Meses após viver o ponto mais baixo de sua carreira, nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, Poliana superou a depressão resolveu ir atrás do seu sonho. Nadando em águas brasileiras, foi bronze na maratona aquática no Rio 2016. Conheça detalhes da história da primeira nadadora brasileira a ganhar medalhas em mundiais e também em Jogos Olímpicos, a atual recordista brasileira nos 1500 metros em piscina longa e escritora nas horas vagas, a grande Poliana Okimoto Cintra.

Episódio 30 com Nato Amaral

Meu convidado de hoje é um atleta amador, porém, daqueles que leva tão a sério sua paixão pelo esporte, que por muito pouco não poderia ser considerado um profissional. Digo isso não por causa dos seus resultados, que aliás são bastante respeitáveis, mas principalmente pela sua devoção à uma modalidade que ganha cada vez mais destaque a cada ano. Minha teoria é de que nas últimas décadas, as Maratonas, conhecidas como as rainhas das corridas de rua, deixaram de significar o sonho de consumo de uma parcela significativa dos corredores amadores. Como se os 42.185 metros tivessem se tornado, digamos, curtos de mais!